Upcycling- Designer não cria só o novo

Fantasias de Carnaval para Designers e amantes da arte
21 de fevereiro de 2019

Upcycling- Designer não cria só o novo

Upcycling- Designer não cria só o novo

Upcycling– Designer não cria só o novo. Espera aí? Como posso criar com coisas que já existem? Isso não é design, é artesanato!

Pensando no primeiro post para o É do seu interesse lembrei do primeiro projeto da faculdade. Upcycling!!!

No começo da formação essa proposta vem com alegria e choque. Alegria pois, quem nunca pegou um potinho de batata chips e transformou em porta lápis ou usou uma lata velha como vaso? Muitos designers se encontram assim. Mas esses objetos sempre estiveram na nossa memoria na categoria de ARTESANATO, a forma pejorativa de tratar objetos de descarte reaproveitados.

Nosso sistema econômico nos condiciona a procurar o novo ao pensar em consumir, mas lembrando que no Brasil 3% do lixo produzido é reciclado, precisamos repensar nosso consumo e principalmente nosso lixo, pois no nosso planeta não há “jogar fora” porque não há fora.

Mas nomenclaturas aparte, na faculdade de design aplicar logo de começo conceitos não internalizados é MUUUITO difícil.
Como transformar um objeto de descarte em uma peça de design? Como usar o melhor daquela forma sem sair algo clichê? A tarefa era criar uma persona (pessoa idealizada com hábitos e gostos para filtrar o público que pode consumir seu produto), painel de afinidades (como se você tivesse acesso ao pinterest da pessoa e soubesse tudo que ela curte) e aplicar em um objeto de forma não tão obvia. Essa é a beleza do design, nada é criado aleatoriamente pois sempre nos preocupamos com o para quem e porquê.

Por onde começar no Upcyclig:

Agora arregaçamos as mangas e vamos atras de objetos para transformar. Os melhores locais para garimpar objetos são:

  • Seletoras de matérias recicláveis: Esses locais recebem todo tipo de materiais e peças, não é difícil encontrar uma porta de geladeira ou um televisor velho, o melhor é que pode comprar por kilo esses objetos e muitas vezes sai de graça.
  • Loja de materiais de demolição: Demolidoras muitas vezes percebem o potencial em portas, cerâmicas, banheiras de casas para demolição, este é meu local preferido para garimpar pois é uma loteria o que vamos encontrar.
  • Seu vizinho: Quem nunca saiu de casa e reparou na lixeira do vizinho? Aquela cadeira que quebrou o pé mas é linda e de madeira maciça? Nem sempre o custo do concerto compensa, mas isso não quer dizer que o objeto perdeu todo seu potencial. Podemos encontrar objetos interessantes a nossa volta.

Upcycling é a melhor forma de desenvolver a criatividade, aprender a utilizar materiais diversos e diminuir o impacto ambiental na situação caótica dos aterros sanitários.

Aqui vão objetos variados que dei uma segunda chance. Muitas vezes precisamos apenas olhar de forma diferente para as coisas e ver a beleza delas. Não são peças incríveis e perfeitas, mas são objetos que uso muito em casa.

 

Vou deixar algumas referências que foram importantes para pensar mais no upcycling no pinterest.
Caso este post tenha ajudado, comenta ele e me manda fotos.

Estefanie Mosko
Estefanie Mosko
Designer, fotografa e apaixonada por arte e tudo que envolve expressão criatividade e semiótica. Nerd, geminiana asc sagitário e corvinal (melhor casa). Sócia da Only One Marketing e Propaganda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *